Ações


Ações são valores mobiliários emitidos por companhias abertas representativos de parcela do seu capital social. Em outras palavras, são títulos de propriedade que conferem a seus detentores (investidores) a sociedade na empresa. Sua emissão viabiliza a captação de recursos para o financiamento de projetos de longo prazo, adequação da estrutura de capital da empresa e/ou liquidez para os empreendedores

Blue Chips
No Brasil, este termo designa um tipo de ação de empresas cuja situação econômica e financeira é positiva. Normalmente, representam as ações das empresas mais bem cotadas na bolsa de valores. Essas ações são as chamadas de “ações de primeira linha”, ou seja as ações com mais liquidez de mercado.

Small Caps
Normalmente, representam as ações das empresas de médio e pequeno porte. Essas ações são as chamadas de “ações de segunda ou terceira linha”, ou seja as ações com pouca liquidez de mercado. Mais arriscadas que as Blues Chips, mais o retorno pode ser maior.

Existem 2 tipos de Ações:

Ordinárias Nominativas (ON) – Ação que proporciona participação nos resultados econômicos de uma empresa; confere a seu titular o direito de voto em assembléia.

Preferenciais Nominativas (PN) – Ação que oferece a seu detentor prioridades no recebimento de dividendos e/ou, no caso de dissolução da empresa, no reembolso de capital.

Em geral não concede direito a voto em assembléia. As ações podem ser convertidas em dinheiro, a qualquer momento, por intermédio de uma Sociedade Corretora, através da negociação em bolsas de valores.


Como é formado o preço da ação

O preço da ação é formado pelos investidores do mercado que, dando ordens de compra ou venda de ações às corretoras das quais são clientes, estabelecem o fluxo de oferta e procura de cada papel, fazendo com que se estabeleça o preço justo da ação. A maior ou menor oferta/procura por determinada ação, que influencia o processo de valorização ou desvalorização de uma ação, está relacionada ao comportamento histórico dos preços e principalmente às perspectivas futuras de desempenho da empresa emissora da ação. Tais perspectivas podem ser influenciadas por notícias sobre o mercado no qual a empresa atua, divulgação do balanço da empresa (com dados favoráveis ou desfavoráveis), notícias sobre fusão de companhias, mudanças tecnológicas e muitas outras que possam afetar o desempenho da empresa emissora da ação.

Fonte: Money Trader

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Jucenir dos Santos

Lembro, logo vivo...

MULHERES DE QUARENTA

Para as mulheres que chegaram lá!

It Girls Go Bad

Be "It" Darling!

Beto Bertagna a 24 quadros

News,política,cultura. Cada um com seu cada qual.

A Indústria da Decepção?

“Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.” Carl Sagan

WordPress.com em Português

Blog de Notícias da Comunidade WordPress.com

Beto Bertagna a 24 quadros

News,política,cultura. Cada um, cada qual.

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.