TELEXFREE: DIVULGADORES ESTÃO IMPOSSIBILITADOS DE ACESSAR O ESCRITÓRIO VIRTUAL


Nesta segunda-feira, 15 de julho, os divulgadores da Telexfree foram surpreendidos com o bloqueio de seus escritórios virtuais, com isso, não podem ver os ganhos auferidos antes da decisão da Justiça em proibir pagamentos e adesões. O advogado da Telexfree, Horst Fuchs, informou que o bloqueio foi realizado devido a tentativa de invasão de hackers ao sistema, e não deixou claro quando estaria normalizado o acesso ao escritório virtual, mas garantiu que os ganhos dos divulgadores continuam congelados.

Tal bloqueio trouxe reclamações e desabafos de divulgadores na página da empresa no Facebook, um deles, explanou sobre a facilidade de entrar na suposta pirâmide, e a dificuldade para sair, comparando com uma novela mexicana.

Fonte: G1 e iG.

2 Respostas

  1. O princípio da decadência, vão é se lascar todos da multiclick, bbom, telexfria nem se fala… Gostei da foto, faz o povo de palhaço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Jucenir dos Santos

Lembro, logo vivo...

MULHERES DE QUARENTA

Para as mulheres que chegaram lá!

It Girls Go Bad

Be "It" Darling!

Beto Bertagna a 24 quadros

News,política,cultura. Cada um com seu cada qual.

A Indústria da Decepção?

“Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar.” Carl Sagan

WordPress.com em Português

Blog de Notícias da Comunidade WordPress.com

Beto Bertagna a 24 quadros

News,política,cultura. Cada um, cada qual.

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.